Referências bibliográficas

Métodos de gestão de conflitos:

BACELLAR, Roberto Portugal. Juizados especiais: a nova mediação paraprocessual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2003.

BÊRNI, Duílio Ávila. Teoria dos jogos: jogos de estratégia, estratégia decisória, teoria da decisão. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2004.

CAPPELLETTI, Mauro; GARTH, Bryant. Acesso à Justiça. Tradução por Ellen Gracie Northfleet. Porto Alegre: Fabris, 1988.

 CENTRO DE JUSTIÇA E SOCIEDADE DA ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS (org). A Reforma Silenciosa da Justiça. Rio de Janeiro: (s.e.), 2006, 436p.

 GARCEZ, José Maria Rossani. Negociação. ADRS. Mediação. Conciliação e arbitragem. 2.ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2004.

 GRINOVER, Ada Pellegrini; WATANABE, Kazuo; LAGRASTA, Caetano (coord.). Mediação e gerenciamento do processo: revolução na prestação jurisdicional: guia prático para a instalação do setor de conciliação e mediação.  São Paulo: Atlas, 2007.

LAGRASTA, Valéria Ferioli. O gerenciamento de casos. In: FREITAS, Vladimir Passos de, FREITAS, Dario Almeida Passos de (coord.). Direito e Administração da Justiça. Curitiba: Juruá, 2006, p. 195-209.

 MORAIS, José Luis Bolzan de, com a colaboração de Anarita Araújo da Silveira e Adriano Luís de Araujo. Mediação e arbitragem: alternativas à jurisdição. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 1999.

 RIBEIRO, Paulo Jorge; STROZENBERG, Pedro (org.). Balcão de Direitos: resoluções de conflitos em favelas do Rio de Janeiro: imagens e linguagens. Rio de Janeiro: Mauad, 2001.

 

Negociação:

 BURBRIDGE, R. Marc. (et al). Gestão de negociação: como conseguir o que se quer sem ceder o que não se deve. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

 FISHER, Roger; URY, William; PATTON, Bruce. Como chegar ao sim: a negociação de acordos sem concessões. 2.ed. Tradução por Vera Ribeiro; Ana Luiza Borges. Rio de Janeiro: Imago, 1994.

FISHER, Roger; SHAPIRO, Daniel. Como usar as emoções.

FISHER, Roger; SHAPIRO, Daniel. Além da razão.

LONGO, Enrique Fernandez. La negociación inevitable: conmigo y contigo.

URY, William. O poder do não positivo.

URY, William. Negociar para vencer.

URY, William. Supere o não.

URY, William. The Third Side.

SILVA, Alessandra Gomes do Nascimento. Técnicas de Negociação para Advogados. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 2003.

 

Mediação:

ALOISIO, Victoria. Co-mediación: aponte emocional para fortalecer la relación con el otro. Buenos Aires: Ad-hoc, 1997.

CACHAPUZ, Rozane da Rosa. Mediação nos conflitos & Direito de Família. Curitiba: Juruá, 2003.

CALCATERRA, Rubén A.. Mediación estratégica. Barcelona: Gedisa, 2006.

CALMON, Petrônio. Fundamentos da mediação e da conciliação. Rio de Janeiro: Forense, 2007.

CARAM, María Elena; EILBAUM, Diana Teresa; ROSOLÍA, Matilde. Mediación: diseño de una práctica. Buenos Aires: Histórica, 2006.

CASAMAYOR, G. (coord). Cómo dar respuesta a los conflictos: la disciplina en la enseñanza secundaria. 5.ed. Barcelona: Graó, 2002.

CEZAR-FERREIRA, Verônica A. da Motta. Família, separação e mediação: uma visão pisicojurídica. São Paulo: Método, 2004.

COOLEY, John W. A advocacia na mediação.Trad. René Loncan.  Brasília: UnB, 2001.

DUFFY, Karen Groves; GROSCH, James W.; OLCZAK; Paul V. La mediación y sus contextos de aplicación: una introducción para profesionales e investigadores. Barcelona: Paidós, 2006.

DUPUIS, Juan Carlos G. Mediación y conciliación. 2.ed. Buenos Aires: Abeledo-Perrot, 0 [s.d.]

FIORELLI, José Osmir; MALHADAS JR., Carlos Julio Olivé; MORAES, Daniel Lopes de. Psicologia na mediação: inovando a gestão de conflitos interpessoais e organizacionais. São Paulo: LTr, 2004.

HAYNES John M.;  HAYNES, Gretchen L.. La mediación en el divorcio. Buenos Aires: Granica, 2006

HIGHTON, Elena I.; ALVEAREZ, Gladys S.; GREGORIO, Carlos G.. Resolución alternativa de disputas y sistema penal. La mediacion penal y los programas victima-victimario. Buenos Aires: Ad-hoc, 1998.

LINCK, Delfina. El valor de la mediación. Buenos Aires: Ad-hoc, 1997.

MEJÍA, Cecilia Ramos. Un mirar, un decir, un sentir en la mediación educativa.  Buenos Aires: Historica, 2003

MEJÍA, Cecilia Ramos. El viaje mágico de Anselmo. La convivencia pacífica y la mediación escolar en la educación, inicial y primaria. Buenos Aires: Historica, 2006.

MOORE, Christopher W. O processo de mediação: estratégias práticas para a resolução de conflitos. 2.ed. Tradução por Magda França Lopes. Porto Alegre: Artmed, 1998.

MUSKAT, Malvina Éster (org.). Mediação de conflitos: pacificando e prevenindo a violência. São Paulo: Summus, 2003.

NATÓ, Alejandro Marcelo; QUEREJAZU, Maria Gabriela Rodríguez; CARBAJAL, Liliana Maria. Mediación comunitária.Buenos Aires: Universidad, 2006.

NAZARETH, Eliana Riberti. Mediação: algumas considerações. Revista do Advogado. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, ano XXVI, n. 87, p. 129-133, set. 2006.

NAZARETH, Eliana Riberti. A construção da prática de mediação nos centros de integração e cidadania. 2007. 113f. Dissertação (mestrado em Psicologia Clínica). Faculdade de Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,São Paulo.

NEUMAN, Elias. Mediación penal. 2.ed. Buenos Aires: Universidad, 2005.

NORDENSTAHJ, Ulf Christian Eiras. Mediación penal: de la practica a la teoría. Buenos Aires: Historica, 2005.

OLIVERA, Mirta Gómez. Mediación comunitária: bases para implementar um Centro Municipal de mediación  comunitária y de resolución de conflictos. Buenos Aires: Espacio, 2005.

ORTEMBERG, Osvaldo D. Mediación en empresas familiares. Barcelona: Gedisa, 2006.

PARKINSON, Lisa. Mediación familiar. Tradução por Ana Maria Sánchez Duran. Barcelona: Gedisa, 2005.

PICKER, Bennett G. Guia práctica para la mediación. Manual para la resolución de conflictos comerciales. Buenos Aires: Paidós, 2001.

SALES, Lília Maia de Moraes. Justiça e mediação de conflitos. Belo Horizonte: Del Rey, 2003.

SAMPAIO, Lia Regina Castaldi; BRAGA NETO, Adolfo. O que é mediação de conflitos?. Coleção primeiros passos, 325. São Paulo: Brasiliense.

SCHNITMAN, Dora Fried; LITTLEJOHN, Stephen (org.). Novos paradigmas em mediação & conciliação. Tradução por Jussara Haubert Rodrigues; Marcos A. G. Domingues. Porto Alegre: Artmed, 1999.

SINGER, Linda R. Resolución de conflictos. Técnicas de actuación em los âmbitos empresarial, familiar y legal. Tradução por Paloma Tausent. Barcelona: Paidós, 1996.

SIX, Jean-François. Dinâmica da mediação. Tradução por Giselle Groeninga de Almeida; Águida Arruda Barbosa; Eliana Riberti Nazareth. Belo Horizonte: Del Rey, 2001.

SOLLERO NETO, José; ROSA, Márcia Cassiana. Mediação social: considerações sobre uma experiência. In: MUSKAT, Malvina Éster (org.). Mediação de conflitos: pacificando e prevenindo a violência. São Paulo: Summus, 2003, p. 119-132.

SUARES, Marinés. Mediando em sistemas familiares. Buenos Aires: Paidós, 2003.

SUARES, Marinés. Mediación: conducción de disputas, comunicación y técnicas. 1.ed., 5.reimp. Buenos Aires: Paidós, 2005.

TAVARES, Fernando Horta. Mediação & conciliação. Belo Horizonte: Mandamentos, 2002.

THEODORO, Suzi Huff (org.). Mediação de conflitos socioambientais. Rio de Janeiro: Garamond, 2005.

TORREGO, Juan Carlos (coord). Modelo integrado de mejora de la convivencia. Estrategias de mediación y tratamento de conflictos. Barcelona: Graó, 2006.

VEZZULLA, Juan Carlos. Teoria e prática da mediação. 5.ed. Curitiba: Instituto de Mediação e Arbitragem do Brasil, 2001.

 

VEZZULLA, Juan Carlos. A mediação de conflitos com adolescentes autores de ato infracional. Florianópolis: Habitus, 2006.

 

WATANABE, Kazuo. A mentalidade e os meios alternativos de solução de conflitos no Brasil. In: GRINOVER, Ada Pellegrini; WATANABE, Kazuo; LAGRASTA, Caetano (coord.). Mediação e gerenciamento do processo: revolução na prestação jurisdicional: guia prático para a instalação do setor de conciliação e mediação.  São Paulo: Atlas, 2007, p. 06-10.

 

Conflito:

ENTELMAN, Remo. Teoría de conflictos: hacia um nuevo paradigma. 1.reimp. Barcelona: Gedisa, 2005.

REDORTA, Josef. Como analizar los conflictos: la tipologia de conflictos como herramienta de mediacíon. Barcelona: Paidós, 2004.

VINYAMATA, Eduard (org). Aprender a partir do conflito: conflitologia e educação. Porto Alegre: Artmed, 2004.

 

Pensamento sistêmico:

MATURANA, R. Humberto; VARELA, Francisco J. A árvore do conhecimento: as bases biológicas da compreensão humana. Tradução por Humberto Mariotti; Lia Diskin. São Paulo: Palas Athena, 2001.

 

Comunicação:

MARCONDES FILHO, Ciro. Até que ponto, de fato, nos comunicamos?: uma reflexão sobre o processo de individuação e formação.  São Paulo: Paulus, 2004.

WATZLAWICK, Paul (e outros). Pragmática da Comunicação Humana. São Paulo: Cultrix.

);